noticias

Cinco caminhões de combustível chegam em Caxias escoltados pelo Exército


O povo pediu e o exército interviu para a chegada de mais cinco caminhões tanques carregados com combustíveis em Caxias do Sul, na noite desta segunda-feira, dia 28.

O comboio com os caminhões saiu da refinaria de Canoas no final da tarde e chegou na cidade por volta das 21h, pela ERS-122. Além do exército, os caminhões também foram escolta dos por carros da Policia Rodoviária Federal, que teve que negociar a passagem dos veículos em pelo menos dois pontos de bloqueio na rodovia.

No primeiro ponto, a negociação ocorreu com os manifestante que se concentram há uma semana no km 65 da ERS-122, em Forqueta. No local cerca de 500 pessoas se ajoelharam no meio do rodovia para evitar que os caminhões passassem.

Depois de muita conversa entre representantes dos caminhoneiros, PRF e exército, a passagem foi liberada. Seguindo pela ERS-122 o comboio encontrou mais um ponto de manifestação já na Rota do Sol, no trevo de acesso à Monte Bérico.
No local um outro grupo menor, cerca de cem manifestantes que impedem a saída de caminhões tanques do pátio de uma concessionária desde a noite deste domingo, também tentaram evitar a passagem dos caminhões, mas liberaram após conversar com os policiais e soldados do exército.

 

Caminhões tanques foram deixados na Codeca para abastecer os veículos que fazem o recolhimento do lixo.

Na sequência o comboio se deslocou até a Codeca, onde dois ficaram dois caminhões que serão usados para o recolhimento de lixo em Caxias. Em seguida outro caminhão tanque ficou na Visate para o abastecimento dos ônibus, e um caminhão também foi destinado para o abastecimento dos ônibus da empresa Caxiense, que faz o transporte intermunicipal para algumas cidades da região e capital.

Um dos caminhões preso no pátio de uma concessionária, foi liberado para abastecer veículos público.

Mais cedo a Brigada Militar em reunião com o Sindipetro conseguiu negociar com os manifestantes a saída de um dos três caminhões que estão retidos no pátio de uma concessionária.

Esse caminhão com 22 mil litros de gasolina foi destinado a um posto na avenida Rosseti, bairro Santa Catarina e vai fazer o abastecimento de ambulâncias, viaturas da Polícia Civil, Brigada Militar, Guarda Municipal e Bombeiros.
Ainda não há previsão de quando os postos de Caxias irão receber combustível para o abastecimento normal da população.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *