noticias

Caminhoneiros prometem ampliar pontos de protesto nesta quarta-feira em Caxias


A paralisação dos caminhoneiros organizada pelo Sindicato dos Autônomos deve ser ampliada a partir da manhã desta quarta-feira, dia 23, em Caxias do Sul.

A concentração principal segue acontecendo desde a tarde da última segunda-feira, dia 21, no km 71 da ERS-122, em frente ao Posto Squizatto, mas e outros pontos de manifestação devem ser instalados também na BR-116.

 

protesto

Além da ERS-122 os manifestantes pretendem se espalhar também pela BR-116. Foto: Mauro Teixeira

Conforme o caminhoneiro Marcelo Vargas, um dos organizadores do protesto, haverá uma tentativa de paralisar a rodovia em três pontos. “Vamos nos organizar logo cedo na encruzilhada de Ana Rech, e em outro ponto da área urbana da BR-116 em Caxias. Em Vila Cristina haverá um grupo de caminhoneiros organizando a paralisação”, avisa.

Segundo o manifestante a partir desta quarta-feira nenhum outro caminhão deve ser liberado para passar pelo protesto. Até essa terça os caminhões com carga perecível e carga viva estavam sendo liberados, mas a partir de amanhã a ordem será retornar para o ponto de origem.

Nesta terça-feira a paralisação na ERS-122 durou mais de nove horas. Os primeiros caminhões começaram a ser parados as nove da manhã e só foram liberados as 18h30min. Não há paralisação programada para a noite de hoje em Caxias. A promessa é de que nesta quarta-feira, haja outra parada no km 71 a partir das 6h da manhã.

Repercussão
Em meio a manifestações de caminhoneiros de todo o Brasil contra o aumento do diesel, a Petrobras anunciou nesta terça-feira que, a partir de amanhã, o preço da gasolina e do diesel diminuirá nas refinarias. Ontem, a petroleira havia anunciado novo aumento. Informações são do portal Exame.

O diesel será reduzido em 1,54%, ficando em R$ 2,3351 por litro. É a primeira redução desde o último dia 12 de maio. A gasolina vai reduzir 2,08%, caindo para R$ 2,0433 por litro. É importante ressaltar que este preço é o que sai das refinarias e não o preço final.

O valor do combustível passa por três etapas, sendo a das refinarias a primeira. Depois vai para as distribuidoras, de onde já sai com novo valor, e logo após, segue para as revendedoras, os postos de gasolina, onde já se define novo valor. Com esta nova redução a partir desta quarta, a cadeia toda é alterada e o preço final diminui do mesmo jeito.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *